Ultradireita está pirada. Vídeo que viralizou é coisa de fanático

Tenho visto com frequência nas redes sociais esse vídeo convocando as pessoas para a manifestação do dia 15 de março, domingo que vem.

Li que viralizou.

Neste sábado (07), em Boa Vista, durante uma escala técnica do voo que o levaria aos Estados Unidos, o presidente Jair Bolsonaro também convocou a população.

Pela primeira vez, o fez de forma explícita.

Mas disse à plateia que o ouvia que o ato não é contra o Congresso nem contra o Supremo.

Pensei que fosse.

Afinal, a ideia surgiu depois do “foda-se” do general Augusto Heleno, e é assim que por muitos tem sido divulgada nas redes sociais.

*****

Voltemos ao vídeo.

“Vamos resgatar nosso país, nossa bandeira”

É o que brada esse estranho cavaleiro, empunhando um escudo e a Bandeira Nacional ao som do antigo dobrado Batista de Melo, um clássico do gênero.

Veja também  Os Beatles depois dos Beatles. Colunista aponta projetos mais importantes

Achei que Bolsonaro, presidente há 14 meses e mais alguns dias, já houvesse feito esse resgate, pelo menos à luz do que ele, seus auxiliares e apoiadores pensam.

Você considera normal esse vídeo?

É desse modo – com esses trajes e com essas falas – que se convoca a população a participar de um ato político de rua em pleno ano de 2020?

Venha de onde vier, esse chamado mostra que o Brasil está cheio de fanáticos de extrema direita.

Que ninguém se iluda: eles são uma permanente ameaça à democracia.

Para onde nos levarão?

O que farão com o nosso processo civilizatório?