icon search
icon search
home icon Home > bichos > caderno animal
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin copiar link deste artigo
Compartilhe o artigo
compartilhar no whatsapp compartilhar no whatsapp compartilhar no telegram compartilhar no facebook compartilhar no linkedin copiar link deste artigo
compartilhar artigo

CADERNO ANIMAL

Outubro Rosa: você sabia que cadelas e gatas também sofrem com câncer de mama?

Publicado em 07/10/2021 às 8:57 | Atualizado em 07/10/2021 às 9:08


                                        
                                            Outubro Rosa: você sabia que cadelas e gatas também sofrem com câncer de mama?

O Outubro Rosa é um movimento que existe há alguns anos com o intuito de orientar a população quanto ao câncer de mama em mulheres; mas não só os humanos são acometidos por essa doença - cadelas e gatas também sofrem com tumores mamários. 

Por ser uma doença comum no mundo pet, a campanha Outubro Rosa Pet visa alertar os tutores para que palpem as mamas de suas cadelas e gatas a procura de nódulos firmes. Detectando o nódulo, mesmo que pequeno, a orientação é buscar o médico veterinário para retirada e envio do material coletado para uma análise em laboratório para saber o tipo do tumor.  

O índice de tumores malignos em fêmeas de cães e gatos é relativamente alto, daí a necessidade de observar qualquer alteração,  precocemente, para que sejam logo extraídos.

Em muitos casos, a cirurgia já resolve o problema e não é necessário que o animal passe por quimioterapia, diferente do processo humano. 

As causas para os tumores de cães e gatos podem ser genética, alimentação e o uso de injeções anticoncepcionais - basta uma aplicação para que tal medicação resulte em tumor. 

Uma maneira de reduzir a probabilidade do câncer de mama em cadelas e gatas é a castração. 

O câncer de mama em animais é mais comum em adultos e idosos, mas é importante acostumar sua filhote a ser manipulada desde nova para que esse acompanhamento não seja uma sessão de tortura! 

Aproveite um momento de calma e faça carinho em volta de cada mama, palpando delicadamente a procura de alterações - se for necessário, associe esse carinho a um petisco, um mordedor natural (um casco de boi, por exemplo), a um brinquedo ou um sache (para os gatinhos). 

Consulte seu médico veterinário periodicamente. 

Imagem ilustrativa da imagem Outubro Rosa: você sabia que cadelas e gatas também sofrem com câncer de mama?

Babi Cavalcanti

Tags

Comentários

Leia Também

  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no whatsapp
    compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no whatsapp
  • compartilhar no whatsapp