Caso Ana Sophia: Justiça decreta prisão de Tiago Fontes

Tiago Fontes Silva da Rocha agora é considerado foragido.

Ana Sophia, 8 anos

A Justiça decretou a prisão temporária de Tiago Fontes Silva Rocha por homicídio qualificado, após pedido da Polícia Civil, dentro das investigações do caso Ana Sophia, menina de 8 anos que sumiu na cidade de Bananeiras, há mais de dois meses. O suspeito está sumido desde o início do mês, logo após de ter a casa vistoriada pela polícia, e foi encontrado morto em uma área de mata fechada no sítio Camará de Baixo, na zona rural de Bananeiras, em 9 de novembro. A Polícia Civil confirmou a identidade do corpo..

A informação foi confirmada pela assessoria da Polícia Civil, que enfatizou que “qualquer pessoa do povo pode prendê-lo”. Uma coletiva de imprensa será realizada na manhã desta sexta-feira (22) para passar mais detalhes sobre o caso.

>> Saiba o que é verdade e o que é falso no caso Ana Sophia

Tiago está desaparecido desde pouco depois de uma vistoria feita na casa dele pela polícia, que ficou sabendo sobre o sumiço do jovem no último dia 11 de setembro, segundo informações do delegado Luciano Soares, superintendente da 4ª região da Polícia Civil.

“Imagens de câmeras coletadas em imóveis no centro de Bananeiras já demonstram que ele (Tiago Fontes), após descer de um ônibus próximo à mata da UFPB, se dirigiu ao centro de Solânea, a poucos metros, de forma que ele também já foi visto no centro de Solânea, porém não retornou ao seu imóvel. Ele estava sozinho, o que aparentemente demonstra que o desaparecimento ocorreu de forma voluntária”, disse o delegado à época.

Na ocasião do pedido da prisão, o advogado de defesa de Tiago Fontes, Marcus Alânio, que disse não poder se posicionar sobre o caso porque não teve conhecimento do que provocou o pedido de prisão temporária do cliente.