Curta paraibano ‘Atrito’ é exibido na edição 2018 da Mostra Sesc de Cinema

Além dele, outros 33 filmes foram escolhidos para compor a programação.

Cena de Atrito, curta metragem de Diego Lima
Curta paraibano 'Atrito' é exibido na edição 2018 da Mostra Sesc de Cinema
Cena de Atrito, curta metragem de Diego Lima

O curta metragem paraibano ‘Atrito’ foi selecionado para a edição 2018 da Mostra Sesc de Cinema. A produção de Diego Lima é completamente independente. Na época da produção, o diretor decidiu não submeter a ideia a nenhum edital e realizou a produção com recursos próprios. Em João Pessoa, o curta é exibido no sábado (22), na Sala de Cinema do Sesc Cabo Branco.

Ambientado em um apartamento, o diretor afirma que a temática central do curta são as “transgressões familiares” do cotidiano. “Não quero falar do roteiro para não entregar muito, mas o conflito central do personagem envolve sexualidade e religiosidade”, explica. No elenco, Suzy Lopes, Felipe Espíndola e Laís Lacerda, que faz sua estreia no cinema de maneira dupla.

Mostra Sesc de Cinema

A Mostra Sesc de Cinema acontece em João Pessoa de 18 a 22 de setembro. Os filmes serão exibidos das 18h30 às 21h, na Sala de Cinema do Sesc Cabo Branco. Além da capital paraibana, a mostra tem exibição nas unidades da instituição em todo o país e em entidades parceiras a partir de outubro.

Curta paraibano 'Atrito' é exibido na edição 2018 da Mostra Sesc de Cinema
Cena de Atrito, curta metragem de Diego Lima

O Sesc selecionou 34 filmes para compor a Mostra Sesc de Cinema 2018. Os 27 curtas e 7 longas, escolhidos entre 1.061 filmes inscritos, serão exibidos em todo o país e dividirão um prêmio total de R$ 533 mil (R$ 13 mil para os curtas e R$ 26 mil para os longas). “O objetivo é incentivar e promover a difusão da produção cinematográfica brasileira que não chega ao circuito comercial de exibição”, destaca Marco Aurélio Fialho, analista de cultura do Departamento Nacional do Sesc. Além da premiação em dinheiro, os selecionados ganham o licenciamento para exibição pública nacional, nas unidades do Sesc e em instituições parcerias.

Na Mostra Sesc de Cinema, todas as cinco regiões do país estão representadas na programação: quatro filmes são da região Norte, seis do Centro-Oeste, sete da região Nordeste, oito do Sul e nove do Sudeste do país. “Com mais essa iniciativa nacional, o Sesc cumpre uma missão importante da sua atuação na área cultural, que é democratizar o acesso ao cinema, além de permitir que artistas e cineastas de todo o Brasil mostrem seus trabalhos ao grande público”, reforça Fialho.

Confira abaixo todos os 34 selecionados por estados:

NORTE – a região Norte não selecionou filmes de longa-metragem

Curtas

Dom Kimura – (AM)

A História de Zahy – (PA)

Romana (TO)

Metempsicose (AC)

NORDESTE

Longas

Aurora 1964 (PE)

Lamparina da Aurora (MA)

Curtas

Galeria de Rua (PI)

Fantasia de Índio (PE)
Atrito (PB)

Os Desejos de Miriam (AL)

Infanto-juvenil

Òrun Àiyé – a Criação do Mundo (BA)

CENTRO-OESTE

Longas

O Sol Nasceu Para Todos (DF)

Curtas

Aquele Disco da Gal (MT)

Vesti La Giubba (DF)

A Piscina de Caique (GO)

O Elogio da Sombra (MS)

Infanto-juvenil

O Menino Leão e a Menina Coruja (DF)

SUDESTE

Longas

Baronesa (MG)

Escolas em Luta (SP)

Curtas

A Gis (SP)

Entremundo (SP)
Labor (ES)

Lençol de Inverno (MG)

Infanto-Juvenis

Médico de Monstros (SP)

No caminho da escola (ES)

Metamorfose (MG)

SUL

Longas

Leste-Oeste (PR)

Desvios (RS)

Curtas

Flecha Dourada (SC)

Mãe dos Monstros (RS)

Cosme (RS)

Secundas (RS)

Infanto-juvenil

Nham-nham, a criatura (SC)

Garoto VHS (SC)