Procon registra diferença de R$ 0,33 no preço da gasolina em João Pessoa

O levantamento do Procon-JP visitou 110 postos de gasolina em atividade na Capital.

Petrobrás anuncia alta no preço do diesel. Foto: Reinaldo Canato/Agência Brasil

Uma pesquisa de preços de combustíveis apontou uma diferença de R$ 0,33 no litro da gasolina comum em João Pessoa. O levantamento da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) foi feito na quarta-feira (12) e divulgado nesta quinta-feira (13). A média é de R$ 6,476. Esses valores são para pagamento à vista.

O menor preço encontrado foi de R$ 6,379 (Elesbão/Millenium – Água Fria), o mesmo desde novembro de 2021. Já o maior, registrando alta de quatro centavos, saiu de R$ 6.669 para R$ 6,709 (Pichilau Gauchinha – Distrito Industrial).

Já no cartão, o menor preço da gasolina continua o mesmo que para pagamento à vista. Já o maior valor altera para R$ 6,809, diferença de R$ 0,43 e variação de 6,7%. Em relação à pesquisa do último dia 3 de janeiro, o levantamento registra que o produto reduziu o preço em 19 postos, se manteve em 88 e aumentou em três. O levantamento do Procon-JP visitou 110 estabelecimentos que estão em atividade na Capital.

Desde a última quarta-feira, a Petrobras reajustou os preços nas distribuidoras para a gasolina (cujo preço médio passou de R$ 3,09 para R$ 3,24 o litro, um aumento de 4,85%) e para o diesel (que sai de R$ 3,34 para R$ 3,61 o preço médio do litro, alta de 8,8%).

Álcool

O menor preço do álcool subiu cerca de R$ 0,73 centavos em relação à pesquisa realizada pelo Procon-JP no último dia 3 de janeiro, saindo de R$ 4,099 para R$ 4,830(Ferrari – Centro). O maior se mantém em R$ 5,199 (Shopping Bessa e Novo Millenium – Bessa; e Setta – Alto do Mateus), com média de R$ 4,991, diferença de R$ 0,37 e variação de 7,60%. O produto aumentou em três postos, baixou em nove e se manteve em 94 em relação à pesquisa anterior.

Veja também  Saque extra do FGTS começa para nascidos em junho

Diesel

O oposto ocorreu com o diesel S10, que manteve o menor preço da última pesquisa em R$ 5,280 (Ferrari – Centro). O maior preço mostrou alta, saindo de R$ 5,799 para 5,890 (BSB Mangabeira – Mangabeira), com variação de 11,6%, diferença de R$ 0,61 e média de R$ 5,522. Cinco locais aumentaram o preço, quatro reduziram e 92 mantiveram em comparação ao levantamento do dia 3 de janeiro.

GNV

A média no preço do Gás Natural Veicular (GNV) está em R$ 4,738. Oscilando entre R$ 4,620 (Pichilau Ronaldão – Cristo; e Metrópole – Tambiá) e R$ 4,870 (Pichilau Gauchinha – Distrito Industrial), diferença de R$ 0,25, variação de 5,4%. Dos postos visitados pela pesquisa do Procon-JP, 12 mantiveram o preço do produto e seis aumentaram em relação ao levantamento do início de janeiro.

Monitoramento

O secretário do Procon-JP, Rougger Guerra, disse que o órgão vai monitorar os preços desses dois combustíveis nos próximos dias para garantir que o aumento seja aplicado de forma correta. Considerando, inclusive, a compra dos produtos por parte dos postos junto às distribuidoras após o anúncio dos reajustes. “O Procon-JP também vai avaliar o aumento de 0,73 centavos em uma semana no menor preço do álcool”, diz o secretário.