Camila Esposte
Láuriston Pinheiro

Engenho São Paulo apresenta novos rótulos dos seus produtos

Empresa passa por reposicionamento de marca e se apresenta de forma mais consistente e contemporânea.

Projeto de reposicionamento apresentar uma expressão mais consistente e contemporânea.

Com mais de cem anos de tradição, o Engenho São Paulo, maior produtor de cachaça de alambique do Brasil,  coleciona prêmios nacionais, certificações e reconhecimento de um público cada vez mais exigente e conhecedor quando o assunto são “destilados”.

Este ano, o Engenho e suas marcas passam por um projeto de reposicionamento, buscando apresentarem-se ao mercado com uma expressão mais consistente e contemporânea por meio de seus produtos e de sua comunicação.

Segundo Jones Siqueira, sócio-diretor da agência Neopop Imaginária, responsável pelo  processo de rebranding das marcas, o desafio maior foi manter a essência do engenho apostando em elementos mais atuais.

“Todo projeto de rebranding é um grande desafio e uma grande responsabilidade também. Precisamos nos inspirar no passado e depois reinterpretá-lo de forma contemporânea, e não simplesmente transcrevê-lo. É isso que vai trazer um novo ar para a marca e é o que torna o projeto bem sucedido”, detalha Jones.

Evolução

A cachaça, de forma geral, evoluiu muito no Brasil. É um produto importante histórica e economicamente para o Brasil, mas que precisa continuar atraente para todas as gerações.

A nova identidade da Cachaça São Paulo carrega esse propósito, além de expressar o novo posicionamento que o engenho quer passar: marcas consistentes, tradicionais e alinhadas com o momento atual.

Veja também  Finalista em 16 categorias, Globo leva sete prêmios no New York Festival.

Para o rebranding da Cachaça São Paulo, a agência analisou todos os rótulos do produto comercializados até hoje, realizou uma profunda pesquisa de mercado com consumidores e donos de estabelecimentos da região e procurou manter a carga afetiva e os códigos visuais que já a fazem ser reconhecida pelo público.

“Para a nova embalagem, analisamos os pontos fortes e fracos de todos os seus rótulos anteriores e inclusive, mantivemos alguns traços –  como a ilustração do engenho e a faixa listrada em amarelo que a deu o apelido, por parte de seu público, de ‘cachaça do papo amarelo’. Tudo isso tentando expressar a essência do produto, que é uma cachaça raiz”, diz.

 

Novas características

A partir de agora, a Cachaça São Paulo conta com uma tipografia que tem características de caligrafia antiga, e teve o “til” de São Paulo substituído por uma auréola, para que remetesse ao santo e não ao estado brasileiro.

Já para a nova identidade do Engenho São Paulo, o trabalho foi transpor o seu legado histórico para o design de forma impactante e autêntica sem ofuscar os produtos que devem ser os grandes protagonistas.

Segundo Jones, o próximo rótulo a passar pelo processo de reposicionamento será a Cachaça Cigana – marca premium da empresa. Em breve, todas as outras marcas também contarão com novas logomarcas e rótulos.