Importância do sono: descanso não deve ser recompensa, mas sim parte do processo de aprendizagem para o Enem

Psicóloga Bruna Falcão dá dicas de como melhorar a qualidade do sono.

Nessa reta final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), é comum que muitos alunos tentem revisar as matérias e decorar todas as fórmulas e macetes. Porém, muitos esquecem que o descanso também é crucial para uma boa prova. Confira abaixo dicas de como melhorar a qualidade do sono para garantir um bom desempenho no exame.

Segundo a psicóloga Bruna Falcão o sono tem sua importância significativa no processo de aprendizagem e no armazenamento das informações obtidas ao longo do dia.

“É durante o sono que o sistema imunológico é fortalecido e a consolidação da memória acontece. Além disso, uma boa noite de sono pode trazer benefícios para nossa saúde mental, como por exemplo, melhora o humor, menos irritabilidade e mais concentração”, disse.

Além disso, o descanso é parte indispensável nessa trajetória do Enem e deve ser visto também como prioridade, ou seja, não deve ser uma recompensa, mas sim parte de todo o processo de aprendizagem.

A busca por uma produtividade nos estudos que não considere o descanso como parte importante pode trazer sérios problemas quanto à saúde, especificamente a saúde mental, segundo a psicóloga.

Ela explica que o negligenciamento do sono, falta de descanso e exaustão excessiva podem levar ao desenvolvimento de transtornos de ansiedade, depressão e a síndrome do esgotamento, seja profissional ou acadêmico, conhecida como Síndrome de Burnout.

Veja também  Prouni vai aceitar alunos de escolas particulares sem bolsa de estudos

Por isso, em média, 8 horas de sono por dia é indicado, mas vale lembrar que esse número pode variar de acordo com a faixa etária da pessoa. No dia anterior à prova, é importante descansar o máximo que se conseguir, em virtude do exame ter uma longa duração e exigir muita resistência.

“O cuidado com o descanso será importante para o candidato ter mais qualidade de concentração, foco e controle da ansiedade durante a prova. Nessa reta final, o cuidado com o corpo e a mente devem ser inegociáveis”, disse.

Algumas dicas da psicóloga podem fazer parte da sua rotina para melhorar a qualidade de seu sono:

  • Realizar a higiene do sono
  • Criar horários regulares
  • Ter uma alimentação leve
  • Cuidar do ambiente antes de dormir
  • Evitar o uso do celular ou qualquer recurso estimulante
  • Controlar a temperatura e a luminosidade do ambiente
  • Ter um lugar calmo e aconchegante para descansar

Porém, ela afirma, que caso a dificuldade do sono persista, é importante a busca por um profissional especializado. Além disso, a psicoterapia pode ser uma grande aliada na preparação para o Enem e na melhora da qualidade da saúde mental.