Campinense x Nacional de Patos: Raposa vence com gol no fim e alivia pressão no Paraibano 2024

Sétima rodada do estadual foi aberta com Campinense x Nacional de Patos no Estádio Amigão, e a Raposa venceu por 1 a 0, com gol contra de Jailton aos 49 minutos do 2º tempo.

(Foto: Estefinho Francelino)

Foi com um gol contra e nos acréscimos que Campinense x Nacional de Patos foi decidido na noite desta quinta-feira (29), no Amigão, na abertura da 7ª rodada do Campeonato Paraibano Unipê 2024. A raposa venceu por 1 a 0 e aliviou um pouco a pressão que vem enfrentando na competição, na temporada.

Como foi Campinense x Nacional de Patos

Campinense e Nacional de Patos fizeram um primeiro tempo sem muitas emoções no Amigão. Jogando em casa e vivendo uma situação mais complicada no campeonato, a Raposa partiu mais para cima, ficou mais com a bola e foi quem chegou mais perto de abrir o placar, ainda que sem tanto perigo. Na principal chance, Ângulo cruzou, Lucão saiu mal, errando o soco, e Matheus cabeceou para baixo, fazendo a bola tirar tinta da trave. O Naça, por sua vez, não deu qualquer trabalho ao goleiro Rodrigues, do outro lado.

A segunda etapa no Amigão não foi lá muito diferente da primeira. Na verdade, o confronto ficou um pouco mais equilibrado. Teve substituições: quatro no Campinense e três no Nacional de Patos. Teve mais faltas dos dois lados. Apenas dois cartões amarelos: um para o Rubro-Negro e um para o Alviverde. Teve Tiago Cunha, enfim, colocando o goleiro Rodrigues para trabalhar e fazer boa defesa em dois tempos para salvar a Raposa.

E teve, fatalmente, o famigerado gol contra. Nos acréscimos. Aos 49 minutos, Nickson fez boa jogada, finalizou bem acertou a trave, e Jailton desviando contra a própria meta, mandando a bola para o fundo das redes de Lucão. O gol definitivo. O da vitória do Campinense. O do quarto jogo seguido do Naça sem uma vitória sequer.

Como fica a situação?

Com a vitória, a segunda em sete jogos, o Campinense soma agora oito pontos e chega à quinta colocação. Mas a Raposa poderá ser ultrapassada até o fim da rodada por CSP (que pegará o São Paulo Crystal), Sousa (que enfrentará o Atlético-PB) e Pombal (que jogará contra o Treze). O Rubro-Negro, no momento, está quatro pontos acima da zona de rebaixamento e apenas um abaixo do G-4.

Já o Nacional de Patos, depois de vencer os três primeiros jogos que disputou, acumulou agora a quarta rodada seguida sem saber o que é vitória: três derrotas e um empate. O Canário permaneceu com 10 pontos, ainda na terceira colocação, mas pode perder posição para o Treze (contra o Pombal) e para o CSP (contra o São Paulo Crystal), saind do G-4 pela primeira vez na competição.

O que vem pela frente?

Agora Campinense e Nacional de Patos, obviamente, ficarão atentos ao complemento desta sétima rodada e voltarão a campo apenas daqui a nove dias, em 3 de março, um domingo. A Raposa receberá o Atlético-PB às 16h, no Amigão, em Campina Grande, enquanto o Canário receberá o Pombal às 17h no José Cavalcanti, em Patos.

Os times de Campinense x Nacional de Patos

CAMPINENSE (3-5-2)

  • Rodrigues🖐🏾
  • Eduardo
  • Matheus
  • Ramon Baiano (C)
  • Clayton (Alison Daniel)
  • Brunão
  • Rayanderson (Nickson🟨)
  • Alan Pedro
  • Ângelo
  • Lucas Reis (Jônatas)
  • Maycon Rangel (Kaio)
  • Téc.: Francisco Diá

NACIONAL DE PATOS

  • Lucão🖐🏾
  • Toninho Paraíba
  • Jairo (C)
  • Wendel
  • Daniel
  • Moreilândia🟨
  • Otávio (Jair) (Kaio Felipe)
  • Romarinho
  • Tiago Cunha (De Sousa)
  • Siloé
  • Jailton
  • Téc.: Michel Lima

Transmissão de Campinense x Nacional de Patos

  • CBN: nas ondas do rádio, a narração foi de Edson Maia, com comentários de Léo Alves e reportagens de Afonso Carlos e Marcos Siqueira.
  • Tempo Real: o ge acompanhou o duelo com detalhes dos lances, minuto a minuto.

Dia, hora e local de Campinense x Nacional de Patos

  • Dia: 29/2
  • Hora: 20h15
  • Local: Estádio Amigão, em Campina Grande

Arbitragem de Campinense x Nacional de Patos

  • Árbitro principal: Willian Cácio de Oliveira
  • Assistente 1: Paccelli Thiago de Vasconcelos
  • Assistente 2: Giovanni Beni Rodrigues
  • Quarto árbitro: Francisco de Assis Gomes

Leia mais notícias do esporte paraibano no Jornal da Paraíba