Após vistoria, Marizão e JC são liberados para receberem o VAR nas oitavas da Série D 2023

Após a CBF anunciar o uso da tecnologia ainda nas oitavas da 4ª divisão, Marizão e JC foram declarados aptos a aportar o árbitro de vídeo.

Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

A CBF confirmou o uso do VAR ainda nas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro, uma fase antes do que havia sido anunciado anteriormente. Com isso, os estádios Marizão e José Cavalcanti, casas do Sousa e do Nacional de Patos, passaram por uma vistoria para que fosse aclarado se as estruturas comportariam a presença da tecnologia. Após a visita técnica, Marizão e JC foram aprovados para receberem o árbitro de vídeo.

Após vistoria, Marizão e JC são liberados para receberem o VAR nas oitavas da Série D 2023
Foto: Jefferson Emmanoel / Sousa EC

Inicialmente, a CBF havia confirmado que a tecnologia seria implantada na Série D do Brasileirão apenas nas quartas de final, que será o mata-mata decisivo para a definição do acesso. No entanto, a entidade mudou os seus planos e decidiu instaurar o uso do VAR na 4ª divisão ainda nas oitavas de final da competição.

Marizão e JC receberam a tecnologia do árbitro de vídeo pela primeira vez. No entanto, o VAR já foi requisitado na casa do Dinossauro. Em 2021, o presidente do Sousa, Aldeone Abrantes, solicitou que o recurso fosse utilizado na final do Campeonato Paraibano daquele ano, contra o Campinense. Entretanto, o pedido do mandatário não foi atendido.

Marizão e JC já têm datas para receberem o VAR

A tecnologia do árbitro de vídeo estreará primeiro no Estádio José Cavalcanti. O Nacional de Patos enfrentará o Ferroviário e, por ter uma campanha inferior ao time cearense, mandará o primeiro jogo do duelo em seus domínios, no próximo domingo (13).

Após vistoria, Marizão e JC são liberados para receberem o VAR nas oitavas da Série D 2023
Foto: Éder Souza / Nacional de Patos

Já o Sousa, que enfrentará o Atlético-CE, chega às oitavas com uma campanha melhor que a do seu adversário. Por isso, jogará no Marizão apenas no segundo jogo do duelo de 180 minutos, que será no dia 20 de agosto.