UFPB lança livro dos 100 anos de Celso Furtado em evento virtual

Solenidade terá como palestrantes o escritor Cristovam Buarque e a jornalista Rosa D’Aguiar.

Capa do livro ‘“Celso Furtado 100 anos: coletânea de ensaios em sua homenagem’. Foto: Divulgação

 

100 anos de Celso Furtado
Capa do livro ‘“Celso Furtado 100 anos: coletânea de ensaios em sua homenagem’.
Foto: Divulgação

Em comemoração aos 100 anos do economista paraibano Celso Furtado, a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) lançará o livro “Celso Furtado 100 anos: coletânea de ensaios em sua homenagem”. O lançamento acontecerá em um evento virtual, nesta quinta-feira, às 10h. A solenidade terá como palestrantes o ex-senador da República e escritor Cristovam Buarque e a jornalista e escritora Rosa D’Aguiar,

O evento é promovido pelo Núcleo Celso Furtado, do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da universidade e Conselho Regional de Economia da Paraíba (Corecon-PB). Os interessados deverão se inscrever gratuitamente nesta quarta-feira (14), por meio do SigEventos. Na mesma página, estão disponíveis a programação e demais informações sobre a solenidade. O lançamento será transmitido pelo canal do Corecon-PB no YouTube.

 

>> Conheça personagens e locais de João Pessoa citados por Juliette no vídeo ‘Paraibando 2’

>>  Podcast: Campinense e Sousa estão no topo da tabela das séries C e D

 

Livro comemorativo dos 100 anos de Celso Furtado

O livro, publicado pela Editora UFPB, tem como organizadores os economistas Celso Mangueira e Márcia Paixão, ambos do Núcleo Celso Furtado da UFPB. A obra reúne textos de 17 autores, de instituições como as universidades federais de Pernambuco (UFPE) e do Piauí (UFPI) e a Universidade de Brasília (UnB).

Veja também  Alertas laranja e amarelo de acumulado de chuvas são emitidos pelo Inmet para todas as cidades da PB

“O propósito da coletânea é homenageá-lo, destacando essa singularidade de sua contribuição. Sendo também uma obra comemorativa, ela promove o reencontro de intelectuais brasileiros que conviveram com o mestre, entre eles o professor Cristovam Buarque”, explicou a professora Márcia Paixão, autora da introdução e de um dos artigos do livro.

A obra em homenagem ao intelectual paraibano que faleceu em 2004 é dividida em três partes. A primeira apresenta as ideias de Furtado e suas contribuições por meio de relatos dos autores que conviveram com ele. A segunda parte traz artigos que discutem seu legado. Já a última parte é escrita por Cristovam Buarque, que reflete sobre a relevância dos ensinamentos do economista para o desenvolvimento do Brasil atual.