Corpo de criança que estava desaparecida é encontrado em mata de João Pessoa

Ela sumiu na madrugada do domingo, depois de sair da praia do Cabo Branco de bicicleta com um homem.

Corpo de Anielle foi encontrado em mata no bairro do Miramar, em João Pessoa. Foto: Antônio Vieira/TV Cabo Branco

O corpo de Anielle Teixeira, de 11 anos, criança que estava desaparecida desde o último domingo (5), foi encontrado na madrugada desta quarta-feira (8), em uma mata no bairro de Miramar, em João Pessoa. Conforme informações da Polícia Civil, o corpo de Anielle foi encontrado apenas com a blusa. Ela sumiu na madrugada do domingo, depois de sair da praia do Cabo Branco de bicicleta com um homem.

De acordo com a delegada Luisa Correia, o corpo foi encontrado com sinais de decomposição, o que levam a Polícia Civil e a perícia a acreditarem que a criança foi morta logo após a saída da praia, no mesmo local em que o corpo foi encontrado. Além disso, no corpo, há sinais de esganadura, mas apenas o laudo pericial poderá confirmar a causa da morte.

A criança teria passado o sábado na praia com a mãe e os irmãos. De acordo com a mãe da vítima, ela estava com os filhos dormindo em um quiosque, cujos donos são conhecidos da mulher, após passar o sábado na praia. A mãe explicou que as taxas de transportes por aplicativo estavam muito altas, então resolveu ficar no local e ir embora de manhã cedo. Por volta das 5h, a criança sumiu.

Veja também  João Pessoa amplia vacinação contra Covid-19 para adolescentes com mais de 14 anos sem comorbidades

Anielle Teixeira tinha 11 anos. Foto: Reprodução/TV Cabo Branco

A irmã mais nova da criança teria informado para a mãe que Anielle teria sido convidada a sair com um homem em uma bicicleta e ela não quis ir com a irmã. Depois disso, a menina não apareceu mais.

Ainda conforme informações da delegada Luisa Correia, algumas testemunhas ainda estão sendo procuradas para fornecer mais informações sobre o caso.

Até as 6h10 desta quarta-feira, o suspeito de matar Anielle Teixeira não havia sido localizado. A Polícia Civil informou que a prisão preventiva do suspeito, já identificado e reconhecido pela mãe da adolescente, deve ser decretada ainda nesta quarta-feira.