Motorista de carro que caiu em cratera na Avenida Pedro II fecha acordo de indenização com Prefeitura de JP

Foi divulgada, ainda, a implantação da Central de Conciliação da Prefeitura de João Pessoa, vinculada à Procuradoria-Geral do Município.

O motorista de aplicativo, Bruno Pereira, que dirigia o carro que caiu em uma cratera na Avenida Pedro II, em João Pessoa, assinou nesta segunda-feira (20) um acordo com a Prefeitura de João Pessoa pelos danos causados ao veículo. O acidente aconteceu no começo de setembro.

O acordo firmado prevê indenização de acordo com os valores estipulados pela Tabela Fipe, referência na negociação de veículos usados e seminovos. 

De acordo com a Prefeitura, está sendo pago, ainda, um valor correspondente ao valor de uma locação de veículo para cada dia em que o motorista ficou impossibilitado de trabalhar. 

Durante a formalização do acordo, a gestão divulgou a implantação da Central de Conciliação da Prefeitura de João Pessoa, vinculada à Procuradoria-Geral do Município. De acordo com o procurador e coordenador da Central, Leon Delacio, o objetivo é evitar que questões simples sejam levadas ao judiciário.

A implantação da Central já foi aprovada pela Câmara Municipal e aguarda publicação em decreto municipal, que vai regulamentar todo o procedimento de atuação. 

A Avenida Pedro II passou 15 dias interditada por causa do incidente, mas está liberada nos dois sentidos desde a última sexta-feira (17). 

 

Veja também  Campina Grande retoma vacinação contra Covid-19 de adolescentes a partir desta quarta-feira (20)