Linhas de ônibus de João Pessoa seguem reduzidas, e passageiros reclamam

Moradores da capital têm reclamado de demora, áreas desassistidas e ônibus lotados, contrariando as recomendações de distanciamento social.

Linhas de ônibus de João Pessoa seguem suspensas, mesmo com retorno de atividades presenciais. Foto: Isabelle Mioto/Jornal da Paraíba

João Pessoa possui 99 linhas de ônibus, do total,  contudo, 70 estão em atividade e 29 estão suspensas. A informação é da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). Com o retorno de grande parte das atividades presenciais, que haviam passado por mudanças por causa da pandemia, moradores da capital têm reclamado de demora, áreas desassistidas e ônibus lotados, contrariando as recomendações de distanciamento social.

É o caso de Rosângela Moura, moradora do Colinas do Sul. Após a suspensão da linha 1009 (Boa Esperança), o transporte para o Valentina ficou difícil para os residentes dos bairros Colinas do Sul e Irmã Dulce. Dessa forma, eles precisam caminhar até o conjunto habitacional vizinho para pegar o 9901.

“Temos que ir a pé até o conjunto vizinho pra pegar o 9901 que vai até o shopping de Mangabeira. Tá difícil. Sem contar que essa linha demora bastante para passar, mais de uma hora”, relatou.

Além do perigo e da demora, mais passageiros utilizando as mesmas linhas resultam em ônibus  cheios, contrariando as recomendações de distanciamento social para a prevenção da Covid-19. 

Linhas de ônibus

(Passageiros reclamam de ônibus lotados em João Pessoa.Foto: Isabelle Mioto)

Rosângela que trabalha em um hospital na Torre conta que o 402, ônibus que passava por dentro do bairro, também foi suspenso. Atualmente, ela precisa descer na Avenida Epitácio Pessoa e cruzar a pé até o trabalho, ficando exposta a diversos perigos, sobretudo assaltos.

“Graças a Deus eu nunca fui assaltada, mas alguns colegas meus já foram, enquanto faziam esse percurso”.

Para Karollina Soares, do Bessa, a situação é diferente, mas o problema é semelhante. O 603, que levava os moradores do bairro para o Centro foi substituído por uma linha que para no terminal do Val Paraíso. Agora, quem deseja ir para o Centro, precisa ir para o terminal do Bessa para pegar o 601 ou 513.

Veja também  Mulher vítima de violência doméstica é indenizada em dano moral, na Paraíba

Quem trabalha nos bairros próximos à orla no turno da noite e precisa voltar para bairros da Zona Sul encontra dificuldades. Vera Medeiros, por exemplo, trabalha como bartender no Bessa e volta de madrugada para o Geisel. Antes, pegava o 510 e o circular na integração. Agora, precisa pagar um motoboy para chegar em casa com rapidez e segurança. “Pegava 510 e circular na integração (que era seguro), ia uma galerinha junta, o pessoal que trabalha nos bares, quiosques, na feirinha de Tambaú. Ou seja, da praia para a região sul, Funcionários, Grotão, Geisel, Etc. Vou ter que pegar motoboy para voltar para casa”, relatou.

Sintur-JP e Semob-JP acompanham o caso

O Sintur-JP informou ao JORNAL DA PARAÍBA que está acompanhando o retorno gradual com a Semob, para adequar a oferta de linhas à demanda de passageiros. O órgão ainda afirma que a frota, ou seja, o número de ônibus em atividade, opera entre 85% e 90% da totalidade. Já os passageiros transportados equivalem a 55% do transportado antes da pandemia.

Semob-JP reforça operação noturna

Tendo em vista o aumento da demanda de usuários do transporte público, especialmente com o retorno das atividades estudantis presenciais, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) ampliou a operação noturna. A partir da terça-feira (5), a operação noturna foi reforçada em 15 linhas de ônibus, beneficiando moradores de pelo menos 45 bairros da cidade. O reforço acontece nos horários entre 19h e 22h50.

Linhas que terão viagens extras

Linhas que terão viagens extras:

  1. 303 (Mangabeira/Pedro II)
  2. 203 (Mangabeira VII/Rangel)
  3. 521 (Manaíra/Bessa)
  4. 600 (Val Paraíso)
  5. 204 (Cristo/Rangel)
  6. 5600 (Mangabeira Shopping)
  7. 120 (Parque do Sol)
  8. 401 (Altiplano)
  9. 604 (Ipês/Ayrton Senna)
  10.  523 (Colinas do Sul/Epitácio)
  11.  109 (Rua do Rio)
  12.  507 (Cabo Branco)
  13.  503 (Padre Zé)
  14.  506 (Bairro dos Estados)
  15.  512 (Bairro São José)