Procura por testes para Covid-19 aumenta na UFPB em janeiro

Cerca de 60% das amostras testadas da comunidade acadêmica são positivas para a Covid-19.

Foto: Angélica Gouveia/UFPB

A procura por testes que detectam a Covid-19 mais que dobrou na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) neste mês de janeiro. De acordo com a Comissão de Biossegurança da instituição, o número de pessoas da comunidade acadêmica que buscam a unidade para realizar a testagem fica entre 12 e 20 por dia, desde o dia 4 de janeiro. Antes, a média de testes diário era de cinco.

Ainda conforme a comissão, cerca de 60% das amostras testadas da comunidade acadêmica são positivas para a Covid-19.

Em parceria com o Laboratório Central de Saúde Pública da Paraíba (Lacen-PB), o Labimol, da UFPB, realiza testes gratuitamente em uma sala de coleta da Comissão de Biossegurança da UFPB. Os exames são para quem está exercendo alguma atividade presencial regular na UFPB, como professores, estudantes, servidores técnico-administrativos e colaboradores terceirizados, e que estejam apresentando sintomas entre o terceiro e o sétimo dia.

A Sala de Testagem é localizada no térreo do Centro de Ciências Médicas (CCM), em João Pessoa. O atendimento para coleta do swab acontece das 8h às 12h por enfermeiras e técnicas de Enfermagem da UFPB. Os resultados devem ser divulgados em até 48 horas e os pacientes devem receber o resultado pelo e-mail informado no formulário de teleatendimento.

É necessário preencher um formulário de identificação, com dados do usuário e declaração de que realmente se encontra em atividade presencial e todos que procuram a testagem é responsável pela informação disponibilizada no ato do atendimento. A consulta acontece por teleatendimento e o médico vai informar sobre a necessidade do teste, de forma que não serão aceitas requisições médicas externas para a realização do exame.

Veja também  Falta água em Campina Grande e outros sete municípios da PB nesta quinta (19)

Aqueles que têm o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), devem informar no ato de preenchimento do formulário para solicitação de teleatendimento e apresentá-lo no atendimento presencial, na Sala de Testagem.

Em caso de docente ou técnico é necessário apresentar documento de comprovação do órgão onde está lotado no dia do exame. Para alunos matriculados é preciso apresentar o comprovante de matrícula. Já para aluno em atividade de pesquisa presencial, é preciso levar uma declaração do orientador.

A análise das amostras colhidas vão para um dos três laboratórios da universidade destinados a esse fim: Laboratório de Vigilância Molecular, da Escola Técnica de Saúde, Laboratório de Biologia Molecular, do Centro de Ciências Médicas e o Laboratório de Endemias, do Núcleo de Medicina Tropical. Em conjunto, eles contribuem com cerca de 180 a 200 análises por dia.

Dúvidas podem ser enviadas pelo e-mail biosseguranca@reitoria.ufpb.br ou pelo chat disponível no site da Comissão de Biossegurança.