Veja como consultar saldo do FGTS de contas inativas

O calendário de saques será divulgado em fevereiro; previsão é que o dinheiro seja liberado em março.

Com o anúncio de que os trabalhadores podem sacar saldos de contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), muitas dúvidas surgem. Uma delas é como saber o valor que o trabalhador tem a receber. O JORNAL DA PARAÍBA preparou um passo a passo sobre como consultar o extrato das contas inativas. Uma conta inativa é aquela que foi finalizada até 31/12/2015. O calendário de saques do FGTS será divulgado em fevereiro de 2017 e a previsão é que o dinheiro seja liberado entre março e junho de 2017.

Como consultar o saldo do FGTS

Pela internet
O trabalhador pode consultar o saldo no site da Caixa Econômica Federal ou do próprio FGTS e através de aplicativo para smartphones e tablets (com versão para Android, iOS e Windows). É possível ainda fazer um cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por email.

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. É possível usar ainda a Senha Cidadão. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos seis meses.

Pessoalmente
O trabalhador pode fazer a consulta presencialmente no balcão de atendimento das agências da CEF ou nos posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão e a senha.

Saques começam em 13 de março

A liberação do saldo de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) vai começar no dia 13 de março. Até o dia 31 de julho, todos os brasileiros que têm dinheiro nessas contas poderão fazer o resgate do montante acumulado nos anos de serviço.

O governo espera que 15 milhões de pessoas realizem os saques. Ao todo, R$ 30 bilhões devem entrar em circulação na economia brasileira com a medida, o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB, a soma de bens e serviços produzidos no país). Oficialmente, o presidente Michel Temer disse que não haverá restrição para os saques.

O governo já decidiu também que os trabalhadores serão chamados segundo a data de aniversário. Em março, terão o direto de sacar o FGTS de contas inativas as pessoas que nasceram em janeiro e fevereiro. Nos quatro meses seguintes, seriam liberadas as contas das demais pessoas, em etapas, de acordo com o mês de nascimento.

Pagamento em lotéricas

Para facilitar a logística, a Caixa estuda creditar os valores que ficarão disponíveis para aqueles trabalhadores que têm conta no banco. E, para auxiliar o pagamento de valores menores, o banco estuda fazer os repasses por meio de correspondentes bancários, como as casas lotéricas.

Atualmente, há 18,6 milhões de contas inativas no FGTS. O saldo delas é de R$ 41 bilhões. Serão beneficiados com os saques todos os trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até o fim de 2015. A medida não vale para pessoas que permanecem no mesmo emprego, mas têm conta inativa porque a empresa mudou de CNPJ.

O governo espera que, com a liberação desses recursos, haja não apenas a regularização de dívidas das famílias, mas um aquecimento dos setores de comércio e serviços. Isso pode melhorar a previsão de crescimento para o ano que vem.

A previsão dos analistas do mercado financeiro é que o Brasil crescerá apenas 0,5% neste ano. No fim do ano passado, essa estimativa estava em queda, e o governo procurava medidas para reverter o pessimismo em relação à economia brasileira.