Kits de TV digital continuam a ser distribuídos em João Pessoa e em outras 12 cidades

A partir desta quinta (31) estas cidades passam a receber apenas sinal de TV digital.

O sinal analógico de TV aberta foi desligado nesta quarta-feira (30) em 13 cidades paraibanas. Os kit de TV digital para pessoas beneficiárias do Bolsa Família e de outros programas sociais do Governo Federal continuam a ser distribuídos gratuitamente para a população.

>>> Canais abertos passam a ser transmitidos exclusivamente pelo sinal digital em 13 cidade da Paraíba; veja como saber se sua casa está pronta para receber a TV Digital

A distribuição de kits, com antena UHF, conversor de sinal e controle remoto, continua sendo feita pela Seja Digital pelos próximos 30 dias. Para saber se tem direito e agendar a retirada do kit, as pessoas devem ligar para o número 147 ou acesso o site da entidade.

A partir desta quinta-feira (31) os moradores João Pessoa, Alhandra, Bayeux, Cabedelo, Conde, Cruz do Espírito Santo, Lucena, Marcação, Mari, Riachão do Poço, Santa Rita e Sapé e Sobrado passam a contar exclusivamente com o sinal digital.

Os próximos municípios paraibanos afetados com o desligamento do sinal analógico são: Campina Grande, Caturité, Lagoa Seca, Massaranduba, Montadas, Puxinanã e São Sebastião de Lagoa de Roça. Nestas localidades o sinal analógico será desligado em 5 de dezembro, ainda deste ano.O cronograma elaborado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações apresenta que até 2023 haja apenas sinal digital em todo o Brasil.

Sinal Digital

O sinal de televisão digital permite imagem mais nítida, som de melhor qualidade, sinal sem ruídos e interferências.Além de abrir espaço para a expansão da rede de conexão de internet de quarta geração (4G), pois com o desligamento do sinal analógico irá liberar a faixa de 700MHz para que a oferta de internet mais rápida possa ser expandida por todo o país.

O 4G é uma das tecnologias para telefonia móvel mais avançadas e permite que dispositivos como celular, smartphone, laptops e tablets acessem a internet com velocidades mais rápidas. E a cobertura do sinal 4G em ambientes fechados é muito melhor, quando usada a faixa de 700 MHz.

A população dos municípios em o sinal analógico não será mais ofertado para continuar assistindo a programação dos canais abertos de televisão é preciso que o local está preparado para receber o sinal digital. O primeiro passo para receber o sinal digital é ter uma antena, seja ela externa, interna ou coletiva, que receba sinal UHF.

Além disso é preciso que televisão possa decodificar o sinal digital. As televisões de LED, LCD ou Plasma com o selo DTV, independentemente do ano de fabricação estão prontas para o sinal digital de TV. Os equipamentos de televisão de LED, LCD ou Plasma sem o selo DTV que são fabricadas após 2010 provavelmente estão aptas para receber o sinal, no entanto é mais indicado que seja consultado o manual do equipamente.

E, nos casos, em que a televisão é de tubo, independente do ano de fabricação, ela não é digital. Neste caso é preciso adquirir um conversor de sinal digital para continuar tendo acesso ao sinal de canais abertos. Para as famílias de baixa renda e beneficiárias dos programas sociais do Governo Federal é possível receber gratuitamente um kit, contendo antena, conversor e controle remoto, através da entidade Seja Digital.

Com todos os equipamentos prontos, agora é só sintonizar os canais digitais. Para sintonizar o sinal digital dos canais de TV aberto, basta pressionar o botão ‘Menu’ no controle remoto, da televisão ou do conversor de sinal, acessar o item de ‘Busca de Canais’ ou ‘Sintonizar Canais’. Com esses passos os canais digitais vão começar a ser buscados pelo equipamento. Com o sinal digital, os números do canais vão mudar. Por exemplo, a TV Cabo Branco, afiliada Rede Globo na região, transmite através do canal ‘7’, com o sinal digital, a emissora passa a transmitir o seu conteúdo através do canal ‘7.1’.