PB tem a maior produção de cachaça do Nordeste, aponta Ministério da Agricultura

O município de Areia ganhou destaque à nível nacional na produção da bebida, com a maior produção fora do sudeste.

Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, divulgados nesta terça-feira (22), mostram que a Paraíba possui a maior produção de cachaça do Nordeste. O estudo “A cachaça no Brasil – dados de registro de cachaças e aguardentes”, também apontou que o município de Areia, no Brejo paraibano, é o que mais produz cachaça no estado. As informações são referentes a 2019.

Segundo o levantamento, a Paraíba ficou entre os dez estados com maiores registros de estabelecimentos produtores de cachaça por Unidade Federativa. São pelo menos 34 estabelecimentos com produção essencial de cachaça, em municípios paraibanos, o que rendeu a 6º posição entre os estados mais produtores de cachaça no Brasil.

A cidade de Areia ficou em destaque no cenário nacional da produção de cachaça. Ela ocupa o 4º lugar no ranking de municípios brasileiros com as maiores quantidades de estabelecimentos genuinamente produtores da bebida, com sete pontos de produção.

Areia também está entre as 10 localidades do país com maior densidade cachaceira, ou seja, com a maior relação entre a quantidade de produtores de cachaça e a população do município, ocupando o 6º lugar. Esta relação, em Areia, está em 3.283.

Já Campina Grande, no Agreste da Paraíba, é a décima cidade do país com os maiores registros de cachaça por município. Conforme os dados, a cidade tem 33 cachaças registradas junto ao Ministério da Agricultura, e juntamente com Areia, que ocupa o 9º lugar com 36 produtos registrados, fica atrás, apenas, de municípios do Sudeste e do Sul, onde a produção da cachaça é a maior do Brasil.

A pesquisa também menciona que os municípios de Areia e Campina Grande são, historicamente, importantes produtores de cachaça no cenário nacional, e lideram a produção de cachaça no estado. Para a Paraíba, as produções dos dois municípios renderam o 6º lugar na lista de estados com as maiores quantidades de cachaças com registro de produção. São 145 cachaças paraibanas regulamentadas junto ao Ministério.

Imagem: Reprodução/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Sobre o estudo

O estudo “A cachaça no Brasil – dados de registro de cachaças e aguardentes” aponta os dados sobre o cenário da produção da cachaça no país até o final do mês de dezembro de 2018. Os dados recolhidos são coletados do Instituto Brasileiro e Geografia e Estatística (IBGE), e foram expostos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento pela segunda vez.

>>> A íntegra da pesquisa pode ser conferida aqui