João Paulo Medeiros

Câmara aprova LDO e discute antecipar recesso em Campina Grande

Recesso está previsto para começar dia 30, mas vereadores analisam possibilidade de antecipação

Foto: Ascom

A Câmara de Vereadores de Campina Grande aprovou hoje a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2022. O projeto foi aprovado juntamente com uma emenda, que retirou uma ação na área da saúde – cujo programa já não está em execução.
Outras 63 emendas apresentadas ficaram para ser analisadas em agosto.
“O Plenário deixou para fazer as correções e adequações junto com o PPA (Plano Plurianual)”, explicou Waldeny Santana, presidente da Comissão do Orçamento.
A sessão foi realizada por videoconferência.

Nos bastidores, contudo, a discussão agora é outra. Os vereadores analisam a possibilidade de antecipar o recesso legislativo. O período está previsto para ter início no dia 30 deste mês, até o dia 10 de julho.

Os vereadores estudam antecipar a ‘folga’ diante de problemas técnicos registrados nas últimas sessões remotas.

Veja também  PF cumpre mandado de busca na Paraíba em investigação que mira exploração sexual infantil