João Paulo Medeiros

Não convidem para uma mesma 'roda de conversa' dois dos deputados federais paraibanos

Wellington questionou postura de Aguinaldo com relação ao Governo Bolsonaro

Foto: reprodução

O clima não está nada ameno entre os deputados federais paraibanos Wellington Roberto (PL) e Aguinaldo Ribeiro (Progressistas). No fim da semana passada o primeiro ‘abriu a metralhadora’ contra o segundo, publicamente, durante uma entrevista.
“Essas pessoas que usam o muro para se equilibrar, que não têm candidato a Presidente da República. Bolsonaro o conhece porque já foi do partido dele e ele conseguiu unanimidade: ninguém dentro do partido gosta dele. O ex-presidente Lula também não vai com a companhia de Aguinaldo porque ele traiu Dilma”, disse Wellington.
“Se ele fala do Governo (Bolsonaro), por que ele não entrega os cargos?”, continuou questionando.
Aguinaldo, por enquanto, ainda não se pronunciou sobre as declarações do colega.

Como pano de fundo da discussão está uma candidatura ao Senado, em 2022. Aguinaldo é pré-candidato e Wellington sonha em emplacar o filho, Bruno Roberto, em uma das chapas.

Em resumo: não dá para convidá-los, nesse momento, para uma mesma roda de conversa.

Veja também  Após cirurgia e ‘jejum’ em eventos, Romero e Bruno participam de inauguração em Campina