Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

PSDB reafirma apoio a Romero Rodrigues e não descarta Cássio na disputa em 2022

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

Foto: divulgação

O deputado licenciado Pedro Cunha Lima (PSDB), presidente estadual do partido, disse que o PSDB vai seguir no apoio ao projeto do ex-prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSD), de candidatura ao governo do estado em 2022. A coletiva foi convocada pelos tucanos hoje (29) para explicar o destino da legenda no processo eleitoral para o próximo ano.

O anúncio enterra a tese levantada de que haveria uma articulação armada entre o ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o senador Veneziano (MDB), que é aliado do governador João Azevêdo (Cidadania) e virtual candidato à reeleição em 2022, para uma candidatura própria do emedebista.

Cássio Cunha Lima disse que a retirada da pré-candidatura de Pedro em prol da candidatura de Romero Rodrigues é um gesto de grandeza. Romero é ex-tucano e histórico aliado dos Cunha Lima. “Bom destacar que a escolha por Romero é uma escolha consensual entre todos do PSDB”, afirmou. 

Sobre as conversas que teve com Veneziano, o ex-senador disse que mesmo adversário histórico no embate eleitoral, sobretudo em Campina Grande, sempre houve um respeito mútuo. “Não há que se estranhar numa relação civilizada”, comentou.

Romero Rodrigues não esteve presente ao encontro porque está em São Paulo em agenda. O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, esteve presente ao evento.

Veja também  MPF cobra na Justiça providências para evitar incêndio na Fortaleza de Santa Catarina

Candidatura de Cássio

Sobre uma possível candidatura em 2022, o ex-senador disse que a formação da chapa ficará a cargo de Romero. “Vou conversar com Romero para que ele possa construir essa definição”, afirmou. 

O tucano, no entanto, não fechou a porta para um retorno à política, embora viesse declarando ter se aposentado da participação no processo eleitoral. Haveria, com isso, a possibilidade de uma disputa ao Senado, já que para a Câmara Federal, a disputa será enfrentada pelo filho, Pedro Cunha Lima. 

Terceira via

O deputado Pedro Cunha Lima também comento sobre a movimentação do PSDB nas acomodações para a disputa à presidência. Se posicionou claramente defensor do nome do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que virá no próximo dia 14 à Paraíba. Ele tem como adversário na disputa interna principalmente o governador de São Paulo, João Dória, que falou desse processo em entrevista ao Conversa Política.

Pedro disse que a tese é de construir uma terceira via, ainda que não seja com uma candidatura própria do PSDB. “Quero com isso registrar que não faço oposição ao presidente do modo quanto pior melhor, mas entendemos que precisamos construir esse terceira via”, pontuou.