Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba “bate” metas do CNJ em 2021

De acordo o levantamento, o TRT-13 alcançou o superávit no número de processos restituídos; reduziu a taxa de congestionamento de julgamento; e bateu recorde no número de conciliações e audiências de conciliação.

Foto: Divulgação/TRT13
Foto: Divulgação/TRT13

O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (13ª Região) atingiu todas as Metas Nacionais estipuladas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2021, com percentuais acima dos 100%, em todos os ítens avaliados pelo órgão.

Os dados relacionados ao desempenho no período foram disponibilizados nesta quinta-feira (20) pela Secretaria-geral Judiciária do TRT-13.

De acordo o levantamento, o TRT-13 alcançou o superávit no número de processos restituídos com visto e julgados; reduziu a taxa de congestionamento líquida de julgamento e de baixa; aumentou a celeridade nos prazos médios de aposição de visto, julgamento e baixa processual; e bateu recorde no número de conciliações e audiências de conciliação.

Metas de 1  a 5

A Meta 1, que se refere a julgar mais processos do que os recebidos em 2021, registrou índice de 106,94%. De janeiro a dezembro de 2021, o TRT-13 recebeu 21.384 casos novos, sendo que, no mesmo período, foram julgados 25.095 processos, indicando um índice de 117,35% de processos julgados. Por sua vez, na Meta 2, que diz respeito a julgar pelo menos 93% dos processos distribuídos até 31/12/2019, o Tribunal alcançou índice de 104,62%.

Veja também  Adriano Galdino alerta sobre fissura em acordo com Efraim

Já a Meta 3, que objetiva aumentar o índice de conciliação em relação à média do biênio 2018/2019 em um ponto percentual, foi alcançada com 100,92%, sendo que o Tribunal registrou 8.155 processos conciliados em 2021. Em relação à Meta 5, que trata da redução da taxa de congestionamento líquida em dois pontos percentuais, o Regional teve 129,98% de cumprimento do item.

O alcance das metas é fruto do empenho e compromisso dos magistrados e servidores do Regional, mesmo em tempos tão duros que estamos a atravessar. Atrai uma sensação de dever cumprido, na busca constante de uma justiça célere e efetiva”, destacou.

Com informações do Ascom/TRT-13