Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Pastor Sérgio Queiroz confirma pré-candidatura ao Senado pelo PRTB

Sérgio Queiroz afirmou que fará um live nesta quinta-feira para explicar como será o afastamento das atividades pastorais na Igreja Cidade Viva.

Sérgio Queiroz (de gravata vermelha) será pré-candidato ao Senado pelo PRTB
Sérgio Queiroz (de gravata vermelha) será pré-candidato ao Senado pelo PRTB

O pastor paraibano Sérgio Queiroz ex-secretário de Modernização do governo Bolsonaro, confirmou que será candidato ao Senado pelo PRTB. O anúncio foi feito e registrado nas redes sociais nesta quarta-feira (23), no dia em que se filiou à legenda do vice-presidente Hamilton Mourão.

Nas redes sociais, ele disse que tomou uma das decisões mais difíceis na vida.

Hoje, depois de muita ponderação e oração, me filiei ao meu primeiro partido de toda a minha vida, o PRTB, partido fundado pelo nobre Levi Fidelix. E hoje fui escolhido pela executiva nacional para ser pré-candidato ao Senado na Paraíba”.

Sérgio Queiroz afirmou que fará um live, nesta quinta-feira, para explicar como será o afastamento da Cidade Viva, Igreja que lidera. Ele anunciou ainda uma entrevista coletiva, às 14h, na Asplan, na próxima sexta-feira para falar das futuras decisões.

Veja também  Plano de Major Fábio ao governo da Paraíba prevê ações na segurança pública

Há 10 dias, Queiroz confirmou ao Conversa Política que estava tudo certo para ser candidato ao Senado. Ele adiantou ainda que poderia escolher um partido diferente ao do presidente Jair Bolsonaro.

Sobre as alianças, disse que só tem compromisso com o presidente e com o projeto que ajudou a implantar. Segundo ele, é o melhor para o país, apesar dos problemas.

O pastor afirmou que se filiar a um partido é um “mal necessário”, mas não via necessidade de estar ligado a uma chapa, com um candidato a governador. Dando a entender que não vê problemas de ser um candidato “avulso”.

Ele confirmou que teve conversas com grupos políticos do estado, mas não havia nada certo. Queiroz chegou a ser cogitado para compor a chapa de Pedro Cunha Lima, pré-candidato do PSDB.