Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Sérgio Queiroz se pronuncia sobre prisão de ex-ministro Milton Ribeiro

Paraibano fez ponderações sobre o tom das acusações que estão sendo feitas ao ex-ministro, principalmente por opositores ao governo Bolsonaro.

Foto: Ascom/Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Ex-auxiliar do governo Bolsonaro, o pastor e pré-candidato ao Senado, Sérgio Queiroz (PRTB), foi o único ‘bolsonarista’ da Paraíba a se pronunciar sobre a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro. Ele foi preso pela Polícia Federal hoje (22) acusado de atuar num esquema de propina em troca de liberação de recursos públicos em favor de pastores aliados do governo.

Sérgio Queiroz fez ponderações sobre o tom das acusações que estão sendo feitas ao ex-ministro, principalmente por opositores ao governo Bolsonaro. Para ele, as pessoas devem ser avaliadas na proporção de suas responsabilidades.

Veja também  João Pessoa será enredo de escola de samba do Carnaval de São Paulo 2023

“Se alguém incorre em condutas típicas e antijurídicas que seja processado e condenado. Espero que o devido processo legal ocorra e ao final a verdade venha a tona. Quero apenas ressaltar que o Ministro ainda não foi condenado. Ele está sendo investigado. Lula foi condenado em três instâncias”, afirmou.

Ambos pastores, Milton Ribeiro e Sérgio Queiroz são amigos pessoais. Em uma das visitas à Paraíba, ainda como ministro, Ribeiro participou de evento na comunidade Cidade Viva, então administrada pelo paraibano.