Caso suspeito de hepatite aguda de origem desconhecida é investigado, em João Pessoa

Este é o primeiro caso suspeito da doença na Paraíba. Trata-se de uma criança de 7 anos, que está internada no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW).

Foto: Divulgação

Um possível caso de hepatite aguda de origem desconhecida está sendo investigado, em João Pessoa. Trata-se de uma criança de 7 anos que está internada no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Ses) e pelo hospital, nesta seguda-feira (23). Este é o primeiro caso suspeito da doença na Paraíba.

O secretário executivo de Saúde Jhony Bezerra informou, em entrevista à TV Cabo Branco, que o paciente apresenta um quadro de hepatite, mas testou negativo para todos os tipos da doença já conhecidos (A, B, C, D e E). Além disso, a criança teve resultado positivo em exame para Covid-19. Em nota, o hospital informou a condição clínica da criança é estável e com melhora progressiva dos exames laboratoriais.

Veja também  Vacinação contra a Covid-19: veja o esquema desta quarta (29) em João Pessoa

Jhony Bezerra ressaltou que a hepatite aguda de origem desconhecida pode ter relação com o coronavírus ou com o adenovírus. O gestor reiterou a importância de manter as crianças com o esquema de vacinação contra a Covid-19 completo.

Até este domingo (22), já eram 614 casos notificados no mundo, sendo 64 deles no Brasil. Dentre os sintomas, estão dores e problemas gastrointestinais, alterações nas substâncias hepáticas e icterícia (pele e olhos amarelados).