Como receber remédios para hipertensão e diabetes em casa de graça em João Pessoa

É possível solicitar os remédios para hipertensão e diabetes em casa através de um aplicativo ou na sua USF de referência.

Foto: Rizemberg Felipe

Em João Pessoa, é possível receber remédios para hipertensão e diabetes em casa e de forma gratuita. O programa “Remédio em Casa” disponibiliza 20 tipos de medicamentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O Jornal da Paraíba explica quem tem direito a receber os remédios em domicílio e como ter acesso.

Há duas formas de solicitar os remédios para hipertensão e diabetes em casa. O paciente pode realizar um cadastro no aplicativo João Pessoa na Palma da Mão, disponível no Google Play (Android) e App Store (iOS). Também é possível realizar o cadastro na  Unidade de Saúde da Família (USF) de referência do paciente. 

Cadastro no aplicativo

Os pacientes podem solicitar a entrega dos medicamentos por meio do aplicativo João Pessoa na Palma da Mão, após preencher um cadastro. 

Ao abrir o aplicativo, o usuário deve procurar a aba Saúde e clicar no ícone Remédio em Casa. Em seguida, será direcionado à sessão do serviço, que vai redirecionar para a lista de medicamentos disponibilizados e a guia para o usuário preencher seus dados e realizar o cadastro no programa. É importante responder todas as informações solicitadas.

Como receber remédios para hipertensão e diabetes em casa de graça em João Pessoa
Como receber remédios para hipertensão e diabetes em casa gratuitamente em João Pessoa? Foto:Reprodução/Prefeitura de João Pessoa

Quem pode solicitar os remédios para hipertensão e diabetes em casa?

De acordo com a prefeitura, o cidadão pode solicitar os medicamentos se tiver passado antes na sua USF de referência, ser diagnosticado com hipertensão e/ou diabetes, fazer uso de anti-hipertensivos e hipoglicemiantes e residir no município de João Pessoa.

São atendidos pelo programa os usuários com idade a partir de 60 anos e pessoas acamadas de qualquer faixa etária, com laudo médico. A distribuição dos medicamentos ocorre a cada dois meses e o cidadão recebe a quantidade de remédios necessária para este mesmo período.

Após seis meses, o usuário deve apresentar uma nova receita médica para continuar recebendo os medicamentos em casa. 

O programa disponibiliza 20 tipos de medicamentos, entre anti-hipertensivos, antilipêmico, antitrombótico e hipoglicemiantes. A cada três meses, o paciente é avaliado pela equipe de Saúde da Família para o melhor acompanhamento e evitar riscos à saúde.