Saúde Alerta

André Telis

Crises de estresse e ansiedade são causas de soluços

Quais seriam as causas de soluços?

Presidente Jair Bolsonaro, discursa durante solenidade de sanção da lei de capitalização da Eletrobrás
Fonte Agência Brasil

Nessa madrugada, o presidente Jair Bolsonaro acabou sendo levado ao Hospital das Forças Armadas em Brasília por um problema que é considerado bobo, mas que gera muito incomodo: o soluço.

Nos últimos dias, ele vem reclamando que está sofrendo crises de soluço.  
O presidente chegou a relatar que as crises de soluço duravam dias e, que estava ficando sem voz, em alguns momentos, por causa disso.

O que é o soluço

O soluço é uma contração involuntária do músculo diafragma e outros músculos do tórax, seguido do fechamento da glote e vibração das cordas vocais, produzindo, por isso, um barulho bem característico.

Este espasmo é desencadeado por uma irritação de algum nervo, como o nervo vago ou o nervo frênico, ou de parte do cérebro que controla os músculos respiratórios.

Causas do soluço

  1. Dilatação do estômago, causada por excesso de comida ou bebidas com gás como refrigerantes.
  2. Consumo de bebidas alcoólicas
  3. Doenças gastrointestinais, como refluxo gastroesofágico.
  4. Diminuição de cálcio, potássio ou sódio no sangue.
  5. Problemas renais.
  6. Respiração acelerada.
  7. Infecções, como gastroenterites ou pneumonias;
  8. Inflamações respiratórias ou abdominais, como bronquite, esofagite, pericardite, colecistite, hepatites ou doença inflamatória intestinal;
  9. Cirurgias na região do tórax ou abdômen;
  10. Doenças cerebrais, como esclerose múltipla, meningite ou câncer no cérebro, por exemplo.

Também são causas de soluços Crises de estresse e ansiedade . Porém, eles também podem ser um reflexo da depressão, um transtorno que pode afetar o sistema nervoso central.

O que fazer?

Lembrando que é necesssário descobrir a causa e tentar resolvê-la .
Se o soluço persistir por mais de 2 dias ou se repete com muita frequência é recomendando procurar ajuda médica, para que sejam solicitados alguns exames, como raio X do tórax e exames de sangue, para investigar as possíveis causas do soluço. Se necessário, o médico pode também prescrever um medicamento para tratar o soluço persistente.

Algumas dicas que podem ser úteis

– Prenda a respiração por alguns segundos, nessa situação a quantidade de gás carbônico no sangue se eleva e o que faz com que o cérebro contraia o diafragma;

– Ingira um copo de água gelada bem rapidamente, essa mundança brusca na temperatura também age sobre o diafragma;

– Tomar um susto pode ser uma alternativa, pois faz com que o corpo libere catecolamina, que regula o funcionamento do nervo frênico.