André Telis

Quantas horas de sono devo dormir?

Uso de equipamentos eletrônicos antes de dormir afeta o sono

Quantas horas de sono devo dormir?

Dormir na medida certa pode afastar problemas como cansaço, falta de concentração, depressão e ansiedade. Mas qual é essa medida?

A função primordial do sono é restabelecer as nossas energias

Ao contrário do que pensávamos há alguns anos, o cérebro não descansa. Tanto que diversas áreas cerebrais são ativadas justamente nesse período. É aí que ele diminui a interação com o mundo externo e se dedica mais aos processos internos, como limpeza de substâncias indesejadas e processamento de memórias.

Portanto, o sono é um processo ativo e está ligado a vários mecanismos fisiológicos do organismo, como regulação hormonal, imunidade, processamento de informações e memorização, portanto, a privação do sono pode ser extremamente prejudicial. Em determinados momentos do sono, o metabolismo cerebral aumenta até 30%, demonstrando que o cérebro mantém intensa atividade enquanto dormimos.

Sono é dividido em 4 fases

O sono pode ser dividido em sono de ondas lentas ou sono não REM (NREM ) e sono de ondas rápidas, sono paradoxal ou sono REM. O sono REM vem do inglês, rapid eye moviment ou movimento rápido dos olhos O sono NREM é ainda dividido em 4 fases.

A vigília é a primeira fase, quando individuo está indivíduo acordado. Ao iniciar o sono, entra-se primeiramente na fase 1 do sono NREM, transição entre o sono e a vigília. Nessa fase, que acontece depois de passarmos muito tempo acordados, notamos uma dentificação das ondas cerebrais

Logo depois vem a fase 2 do sono NREM, ocupa cerca de metade do sono total de uma noite de 8 horas, onde há profundo relaxamento e ausência de movimentos dos olhos e músculos.

Nas fases 3 e 4 o indivíduo está dormindo mais profundamente e acordá-lo se torna mais difícil.

O sono REM corresponde de 20 a 25% do total do sono e se concentra principalmente na segunda metade da noite.

Assim, que adormece, o indivíduo entra na fase 1 do sono NREM e progride até a fase 4, quando então, retorna até a fase 2 e então entra no sono REM, do qual sai para acordar ou para voltar mais uma vez à fase 2 do sono NREM.

Parece difícil, não é?

Mas essa distribuição das fases do sono durante a noite não é homogêneo durante toda a vida. Bebês dormem em média 18 horas por dia, possuindo além disso mais sono REM que o adulto normal (pode chegar a 80% do sono). Já idosos têm período de sono menor que o de um adulto normal, além de uma menor taxa das fazes 3 e 4 do sono NREM, que pode até estar ausente após os 90 anos.

Você pode sonhar durante todas as fases do sono, porém o único período que a gente vai lembrar quando acordar é quando os sonhos acontecem no sono REM.

Quantas horas de sono devo dormir?

Cientistas  tentaram fazer uma relação entre números de horas de sono para cada faixa etária.

Mesmo sabendo que a eficiência do sono é algo individual, e que as horas que cada um precisa dormir dependem de uma série de fatores, há uma correlação entre horas de sono e saúde em cada idade.

A pesquisa concluiu que recém-nascidos precisam dormir de 14 a 17 horas por dia; a orientação anterior era de 12 a 18 horas. Entre os bebês de quatro a onze meses, a necessidade passou a ser de 12 a 15 horas

Bebês recém nascidos devem dormir entre 14 e 17 horas. Já entre 1 e 11 meses de vida, entre 12 e 15 horas de sono pode ser suficiente. Conforme eles vão ficando mais velhos, a necessidade de sono vai diminuindo.

Crianças entre 1 e 5 anos precisam dormir de 10 a 14 horas de sono para repor sua energia. Dos 6 aos treze anos, de 9 a 11 horas todos os dias.

Adolescentes necessitam de 8 a 9 horas de sono diários. Para os adultos, intervalos entre 7 e 9 horas são suficientes para ficar com a saúde em dia.

Depois dos 64 anos, quando me perguntam quantas horas de sono devo dormir, a resposta depende dos fatores associados ao seu estado mental e sensação de que está renovado. Geralmente idosos mais velhos tendem a necessitar de menos horas de sono.

É importante ressaltar que cada pessoa tem o seu relógio biológico e precisa de uma quantidade de sono específica.

No fim das contas, o que conta é como você acorda. Se você sente que sua noite não repôs suas energia, acorda mais cansado do que quando foi dormir, tem problemas de memória ou você dormiu demais ou de menos ou tem alguma doença do sono é importante ficar alerta e procurar um especialista.