Leilão da Braiscompany não tem lances nas primeiras 24 horas

Há carros de luxo e embarcação entre os bens disponíveis.

Bens ligados à investigados da Braiscompany vão passar por leilão – Divulgação/Braiscompany

Após 24 horas do início do leilão de bens ligados a pessoas investigadas no caso Braiscompany, que começou na manhã da quarta-feira (28) pela internet, nenhum lance foi dado. Há carros de luxo e embarcação entre os bens disponíveis.

Como ninguém tentou arrematar os bens no primeiro dia, o leilão fica aberto para lances até o próximo dia 6 de julho. Nesse caso, com desconto de 20% para o lance mínimo, em comparação com os primeiros valores informados.

O leilão foi determinado pela Justiça Federal da Paraíba (JFPB) no início deste mês.

A marcação do leilão antes do julgamento final do processo aconteceu para prevenir a deterioração dos automóveis e embarcações arrecadados até o momento, segundo a Justiça Federal.

Leilão da Braiscompany não tem lances nas primeiras 24 horas
Porsche será leiloada – Foto: Divulgação/Justiça Federal

Bens retirados do leilão

Uma decisão liminar retirou do leilão dos bens ligados a investigados no caso Braiscompany os imóveis que estavam na lista.

A Braiscompany, empresa paraibana alvo da Operação Halving, é investigada por crimes contra o sistema financeiro. O leilão acontece nesta quarta-feira (28) às 9h. Entre os bens retirados, estava uma mansão avaliada em mais de R$ 2,8 milhões.

De acordo com a decisão do mandado de segurança criminal, com pedido de liminar, do desembargador Sebastião José Vasques de Moraes, a alienação antecipada de bens configura uma medida precipitada, já que a ação penal ainda não foi ajuizada.

Leilão da Braiscompany não tem lances nas primeiras 24 horas
Justiça Federal vai leiloar Range Rover – Foto: Divulgação/Justiça Federal

Os outros bens, como os carros de luxo – Porsche Cayenne, Dodge RAM 2500 e Land Rover Evoque – e uma moto aquátic, seguem na lista do leilão.

O lance inicial para os bens é o preço de avaliação. Os interessados precisavam ter se cadastrado com 72 horas de antecedência em um site especializado, onde o leilão irá ocorrer virtualmente.

Conforme a Justiça Federal da Paraíba (JFPB), um segundo leilão está marcado para acontecer no dia 6 de julho. Nele, os bens poderão ser comprados por um preço não inferior a 80% do valor da avaliação.

Como participar do leilão

Segundo a decisão, pessoas físicas e jurídicas com situação regularmente constituídas podem concorrer à compra dos bens leiloados.

Para participar, é preciso se cadastrar no site do leilão com pelo menos 72 horas de antecedência.

Servidores do setor de leilões da 4ª Vara Federal de Campina Grande, junto com o leiloeiro público oficial, estarão disponíveis para esclarecer dúvidas dos interessados.