Jota Quest em João Pessoa: Rogério Flausino promete repertório clássico com nova roupagem

Banda se apresenta nesta sexta-feira (14) em João Pessoa, e o Jornal da Paraíba conversou com Rogério Flausino sobre turnê Jota 25, trajetória na banda e novos passos.

A banda mineira Jota Quest se apresenta em João Pessoa nesta sexta-feira (14) às 21h, na Domus Hall. A turnê em comemoração aos 25 anos da banda passou por várias cidades brasileiras e agora chega à capital paraibana, com as canções mais clássicas da banda para o público cantar junto.

O show acontece durante a semana do rock, e o vocalista da banda, Rogério Flausino afirma que se orgulha de fazer parte da família do rock. “O rock vai além até do estilo musical. A gente tá falando de contracultura e estilo de encarar a vida”, afirma.

O Jornal da Paraíba conversou com  Rogério Flausino sobre a turnê em comemoração aos 25 anos de carreira, novo albúm e trajetória da banda.

Jota Quest em João Pessoa: Rogério Flausino promete repertório clássico com nova roupagem
Rogério Flausino em entrevista ao Jornal da Paraíba. (Reprodução)

Show em João Pessoa

A banda esteve na capital paraibana antes da pandemia de Covid-19 e promete matar a saudade com as 25 canções que marcaram a trajetória do Jota Quest. “Vai ser muito lindo. A gente tem ótimas lembranças de João Pessoa. O povo é muito feliz e muito animado”, afirma Rogério Flausino, vocalista da banda.

Segundo Flausino, o show é uma experiência audiovisual, com muita energia e canções de amor. O Jota Quest, com a mesma formação desde o início, traz o repertório já conhecido pelo público, apresentado de uma forma nova.

A gente pensou muito sobre isso [show]. A gente não queria fazer um show de 25 anos, que fosse apenas uma retrospectiva. A gente queria apresentar para a galera um panorama novo do que é o Jota. A galera pode ir para se divertir mesmo e se jogar”, explica.

Turnê Jota 25

A turnê Jota 25 está na estrada há praticamente um ano e é uma celebração dos 25 anos da banda. A comemoração deveria ter iniciado antes, mas com a chegada da pandemia de Covid-19, o sonho teve que esperar um pouco mais.

A gente tá vivo, velho. Vamos quebrar tudo e ver as pessoas cantando junto com a gente e repetir as canções que marcaram a trajetória. A gente está vivendo coisas e celebrando”, enfatiza.

Novo álbum inédito

O Jota Quest está trabalhando em novo álbum com 12 canções inéditas, duas versões de músicas internacionais, uma argentina e outra portuguesa. O vocalista adianta que também podem vir alguns feats com outros artistas, mas não pode contar sobre ainda.

Tem um pouquinho de cada coisa. Tem um Jota mais dançante e tem as canções de amor, mais introspectivas. Enfim, o disco tem tudo isso tá tudo ali. Uma coleção de canções bacanas que marcam esse nosso momento de celebração”, adianta.

Gerações de fãs

Após 25 anos de carreira, o Jota Quest acumula diferentes gerações de fãs ao longo da trajetória. Segundo Flausino, a banda continua “fazendo som” do jeito que aprenderam e como acham legal para que todos os públicos curtam.

Quanto mais gente curtir isso melhor. É lindo poder ver gerações ali na frente [do palco]. É uma coisa muito linda e é um resultado magnífico de uma coisa que a gente realmente não fazia a menor ideia que pudesse acontecer”, conta.

Primeiro show em João Pessoa

Durante a primeira passagem da banda por João Pessoa, a energia da casa de eventos apagou, o som parou

“Na nossa primeira vez em João Pessoa aconteceu um negócio muito curioso que a gente tava tocando num evento e tal e aí acabou a energia”. Rogério relembra que por um problema técnico, só poderia funcionar o som ou a luz.

Eu falei ué, liga o som, a gente vai no escuro. Sério. É muito difícil ser provado, mas deve ter alguém por aí que lembre disso”, relata.