Municípios da PB são convocados para atualização do cadastro no Mapa do Turismo

De acordo com o governo estadual, cidades aptas para estarem no Mapa do Turismo Brasileiro têm até o dia 15 de março para atualização anual obrigatória.

Municípios precisam fazer atualização no cadastro no Mapa do Turismo Brasileiro – Foto: Divulgação

Os municípios paraibanos precisam atualizar o cadastro junto ao Mapa do Turismo Brasileiro até o dia 15 de março, de acordo com informações do governo estadual. O cadastramento é válido apenas para as cidades que estão liberadas e que integram o mapa. As atualizações foram requisitadas pelo Governo Federal.

O Ministério do Turismo, responsável pelo manejo do Mapa, enviou uma notificação para os estados e municípios que são abrangidos pelo sistema. De acordo com o ministério, a notificação foi enviada com 60 dias de antecedência em relação ao prazo final para fornecer as atualizações.

A renovação do cadastro tem como objetivo garantir a manutenção da participação das cidades no programa de política pública federal e o recebimento de recursos destinados para o setor do turismo.

O estado conta com 58 cidades no Mapa do Turismo atualmente. Sete dessas cidades estão sob análise e outras 13 em processo de atualização, mas a expectativa é de que até o final de 2024, o estado terá um aumento de aproximadamente 25% no número de cidades inseridas.

Municípios da PB são convocados para atualização do cadastro no Mapa do Turismo
Mapa do Turismo em janeiro de 2024 na Paraíba – Foto: Divulgação

A secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico no estado, Rosália Lucas, afirmou por meio de nota que é importante as cidades atualizarem os vínculos, para continuar na plataforma do Mapa do Turismo, importante no desenvolvimento econômico do estado. “Estamos buscando consolidar ainda mais o nosso litoral, sem deixar de olhar para os destinos que mais precisam e que têm grande potencial. Estar no Mapa é estar em evidência, deixando a porta aberta para novas oportunidades de desenvolvimento”, disse.

Os municípios devem enviar a documentação requisitada de forma digital por meio do site do Mapa do Turismo. Após a aprovação das informações enviadas e inclusão no programa, o cadastro terá validade de um ano, quando novamente vai ocorrer o recadastramento.