Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Decreto em João Pessoa vai proibir banho de mar e limitar acesso a orla no ‘feriadão’

Por ANGÉLICA NUNES e LAERTE CERQUEIRA

 

A prefeitura de João Pessoa deverá proibir o banho de mar e permitir a prática de esportes na orla individual ou em dupla na orla só até às 16 horas. As medidas devem estar no novo decreto municipal do prefeito Cícero Lucena (PP), que está sendo finalizado pela sua equipe para entrar em vigor a partir de amanhã (27). 

“Queremos acabar com aquela concentração na calçadinha no fim da tarde e no começo da noite. Não é hora de lazer, mas de cuidar da nossa saúde”, declarou o prefeito.

O secretário de Saúde da capital, Fábio Rocha, também comentou que essas medidas duras precisam ser tomadas para reduzir o número de óbitos em decorrência da covid-19, que ainda é um problema mundial.

Feriadões

Cícero Lucena também deve seguir o governador João Azevêdo (Cidadania) e determinar a antecipação de feriados na capital como medida para enfrentamento do avanço da covid-19. Um novo decreto com medidas ainda mais restritivas deve ser editado para os próximos 14 dias.

Veja também  Tucanos cobram definição de Romero, mas já acionam Pedro como ‘plano b’ para 2022

Caso siga a Medida Provisória do estado, serão antecipados os feriados do dia 21 de abril (Tiradentes) para o dia 30 de março, terça; de 3 de junho (Corpus Christi) para o dia 31 de março, quarta; e de 5 de agosto (fundação da Paraíba) para o dia 1º de abril, quinta. Junto com o dia 29 março, segunda; e 02 de abril (Sexta-feira Santa), teremos cinco dias com repartições públicas, comércio e a maioria dos serviços fechados.

Veja como deve ficar:

Frota reduzida

A Superintendencia Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur-JP) se anteciparam e definiram que a partir da próxima segunda-feira (29) até o dia 04 de abril, o sistema de transporte público vai operar com 30% da frota, ou seja, 35 linhas e 108 veículos.