Angélica Nunes
Laerte Cerqueira

Cícero deve recuar e limitar capacidade de público em show em 80% em João Pessoa

A decisão, que deve ser publicada no Semanário Oficial até esta quarta-feira (12), faz adequações às regras do decreto estadual.

Foto: divulgação/secom-JP
Foto: divulgação/secom-JP

O prefeito de João pessoa, Cícero Lucena (Progressistas), deve editar um novo decreto com medidas restritivas até amanhã (12) para fazer adequações ao limite da capacidade de público nos shows realizados na capital. O atual decreto municipal libera este tipo de evento em 100%, enquanto o decreto estadual autoriza a realização em até 80% da capacidade de público no local.

A informação foi confirmada, hoje (11), pelo procurador-geral do município, Bruno Nóbrega, ao Conversa Política. Ele disse que a equipe está em fase final de elaboração do novo decreto para que ele seja publicado no Semanário Oficial do município.

O novo decreto vai manter a obrigatoriedade de comunicação prévia de cada show à Gerência de Vigilância Sanitária do Município, no prazo de 72 horas antes da sua realização, para que sejam expedidos os protocolos a serem observados e que seja programada a fiscalização do evento.

Veja também  MPs pedem ao Ministério da Saúde lista de municípios em que teria havido ‘erro vacinal’

Cabedelo

A decisão de Cícero Lucena em fazer adequações no decreto, em vigor até o dia 31 de janeiro, ocorre no mesmo dia do anúncio do prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo (Democratas), em também recuar na flexibilização de shows na cidade. No caso de Cabedelo, a capacidade de público estará limitada em 60%. A medida foi adotada em resposta às críticas de autoridades políticas e sanitárias após registros de aglomeração nos festivais particulares do veraneio que ocorrem na cidade.

Ontem (10), o prefeito Cícero Lucena lamentou as aglomerações e não uso de máscaras pelas pessoas que participaram dos shows em Cabedelo. Segundo ele, o que se pede, no mínimo, é o bom senso a essas pessoas para que usem máscara em ambientes públicos.