João Paulo Medeiros

Ao lado de Ana Cláudia, Azevêdo diz que escolha de vice não é questão geográfica

Secretária voltou a acompanhar agenda do governador em Campina Grande

Foto: reprodução
Foto: reprodução

A agenda administrativa do governador João Azevêdo (Cidadania) em Campina Grande, hoje pela manhã, teve também sinais e significados políticos. O primeiro deles é, certamente, o retorno da secretária Ana Cláudia Vital à comitiva do Governo na cidade.

Ela chegou ao Centro de Formação de Professores, no bairro das Malvinas, no mesmo carro de Azevêdo e acompanhou, durante toda a manhã, o governador em obras do Estado na cidade.

Ana é cotada para ser vice de Azevêdo em 2022.

Ao avaliar o cenário, contudo, o governador disse que a formação da chapa “não é uma questão geográfica”.

“Campina tem uma importância muito grande na economia do Estado e nenhuma campanha passa ao largo de Campina. Mas eu não faço a análise de que geograficamente as coisas têm que acontecer dessa forma”, discorreu.

Mais adiante, Azevêdo complementou a análise.

Veja também  Ministra vota pela suspensão de pensões a viúvas de ex-governadores, ex-deputados e ex-juízes da PB

“Estar presente ou não estar presente, não é o mais importante. O mais importante é estar na construção. E Campina Grande estará na construção desse novo projeto”, assinalou.

O nível de proximidade do grupo representado por Ana junto ao Governo, pelos sinais fotografados hoje, melhorou. A chapa, porém, é uma discussão para depois… e não será geográfica.