Entenda a importância de exercícios físicos para idosos

O profissional de educação física Zeca Florentino explica os benefícios dos exercícios físicos para idosos. Em entrevista foi dada ao programa Paraíba Comunidade.

Especialista recomenda exercícios para pessoas da melhor idade – Foto: Freepik

A prática de exercícios físicos é ressaltada como muito importante por diversos profissionais da área da saúde. Praticar atividades físicas também traz benefícios para pessoas idosas, que precisam de mais atenção com o próprio corpo, devido aos desgastes naturais que os anos trazem para as pessoas. O especialista e profissional de educação física Zeca Florentino explica os benefícios de exercícios físicos para idosos. 

A entrevista com o profissional foi exibida no Paraíba Comunidade deste domingo (28), que vai ao ar na TV Cabo Branco e TV Paraíba

Exercícios físicos para idosos são ‘poupança de saúde’

De acordo com o especialista, Zeca Florentino, os cuidados com as atividades físicas devem começar desde os 40 anos, bem antes da “melhor idade”. Segundo ele, os cuidados têm que começar cedo.

“A partir dos 40 anos, acontecem mudanças fisiológicas que você vai percebendo as diferenças entre pessoas sedentárias e pessoas que é mais disciplinado e segue as orientações de como se alimentar e de como praticar esportes”, disse.

O especialista alerta que começando essa prática desde cedo, tornando o exercício físico algo constante na vida das pessoas, até a idade mais avançada, esse processo gera uma espécie de “poupança de saúde” para quem tem isso como regra na própria vida.

“Isso tem relação com a poupança. Quanto mais cedo você juntar dinheiro na sua poupança, mais crédito você vai ter no futuro. Então se você vem praticando atividade física desde cedo, desde a infância, da adolescência, até a fase adulta, e depois na terceira idade, é claro que você vai ter uma poupança de saúde muito alta”, explicou.

Exercícios físicos na terceira idade

O profissional de Educação Física disse também que, pelo menos por 30 minutos, a cada dia é necessário a prática de atividades físicas para todas as pessoas, inclusive idosos.

“Meia hora, no mínimo. Isso é o mínimo do mínimo. Normalmente, pessoas que já passaram dos 60 anos e já estão em uma condição de ter mais tempo na vida, estando aposentados, então essa pessoa pode fazer mais atividades durante o dia do que isso, inclusive”, disse.

Nesse cotidiano de atividades, Zeca Florentino explica que os exercícios físicos para idosos devem ser revezados entre práticas de musculação e também práticas aeróbicas, como corrida, por exemplo.

“O ideal é intercalar os exercícios. Um dia para musculação e outro dia para a aeróbica, seja com caminhada, corrida, natação, andar de bicicleta. A atividade aeróbica é que vai promover melhoras no seu desempenho cardiorrespiratório, melhorando a parte do coração que é responsável por enviar sangue, oxigênio e nutrientes para o restante do corpo. Estando mais forte, vai ser capaz de bombear isso tudo mais potentemente”, ressaltou.

Além disso, Zeca Florentino explicou também que a musculação vai trazer o benefício de fortalecer partes do coração, ocasionando o sincronismo perfeito entre exercícios físicos para idosos com as corridas.

Atividade física e alimentação para idosos

Além dos exercícios físicos para idosos, o especialista alerta para a importância da alimentação e do estilo de vida dos idosos para manter uma saúde boa.

“As pessoas que estão nessa faixa etária, no geral, tem alguma descompensação, seja triglicerídeos, colesterol, glicemia, as taxas no geral. Então para isso, você vai ter que reduzir o consumo de açucares, de carne vermelha, de ferro e outros detalhes, de modo que equilibre as taxas e faça com que você não fique recorrentemente caindo nesse desajuste”, contou.

Ele ainda ressaltou que é necessário consultar um nutricionista e médicos que possam conciliar a prática de exercícios físicos para idosos com a alimentação saudável.