Chuvas intensas fazem aeronaves com destino a João Pessoa mudarem rota para Recife

Não foram registrados pontos de alagamento ou qualquer outro problema com a pista de pouso e decolagem, que seguem normalmente.

Foto: Kleide Teixeira/Arquivo JP

As fortes chuvas registradas nesta quarta-feira (29) provocaram transtornos no Aeroporto Castro Pinto, o principal do estado da Paraíba. Duas aeronaves não conseguiram realizar o pouso e precisaram seguir para Recife, capital de Pernambuco.

Segundo a empresa responsável pelo aeroporto de João Pessoa, a Aeroportos do Nordeste do Brasil (Aena), deixaram de pousar os voos da LA 3348, da Latam, e o voo 1730, da Gol.

Conforme a Aena, o Aeroporto Castro Pinto permanece aberto operando por instrumentos. Não foram registrados pontos de alagamento ou qualquer outro problema com a pista de pouso e decolagem.

Os passageiros que tiveram o destino alterado devem ser amparados pelas companhias aéreas.

Outros transtornos provocados pelas chuvas

Uma árvore de aproximadamente 5 metros caiu na Avenida Epitácio Pessoa e deixou o trânsito parcialmente interditado, no sentido Centro-Praias. Alguns pontos de alagamento também foram identificados.

Veja também  Inmet alerta para baixa umidade em 83 cidades do Sertão da Paraíba neste sábado

De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), o ponto exato onde foi feito o bloqueio é no cruzamento da Avenida Tito Silva. O órgão já havia liberado a faixa por volta das 13h.

Motoristas e pedestres também registraram alagamentos em alguns pontos de João Pessoa. Confira os locais:

  • Av. Valdemar Galdino Naziazeno, na Lateral da Central de Polícia, no Geisel
  • Em frente à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), no Varadouro
  • Ladeira de acesso aos bairros de Mangabeira e José Américo, via Altiplano/Portal do Sol
  • Ladeira que liga os bairros de Mangabeira e Valentina