João Paulo Medeiros

Renovação na indústria: sentimento de mudança na Fiep é semelhante na CNI

Colunista de ‘O Globo’ relata indicativo de renovação no comando da CNI

Os ventos na indústria brasileira são de renovação. O movimento dos industriais paraibanos, que querem mais transparência e mudanças no comando da Federação das Indústrias da Paraíba (Fiep), tem em outros Estados e patamares sinalizações semelhantes.

Um dos mais respeitados colunistas do Brasil, Lauro Jardim, do Jornal ‘O Globo’, noticia hoje que o atual presidente da CNI, Robson Andrade, não deverá eleger um sucessor ano que vem.

Robson está no comando da entidade desde 2010.

Em terras paraibanas, os rumores sobre uma possível antecipação das eleições internas na Fiep continuam.

Veja também  Após novo piso salarial, MPT apura denúncias de assédio e demissões de enfermeiros na Paraíba

Essa semana dois sindicatos ingressaram na Justiça para ter acesso aos documentos que regulamentam o processo sucessório. As entidades querem, pelo menos, entender quais são as ‘regras do jogo’.

Lauro Jardim, em sua coluna, trata os 12 anos de Robson Andrade à frente da CNI como “reinado”.

O que dizer, então, dos sucessivos mandatos do presidente da Fiep, Buega Gadelha, no comando da entidade desde 1995?

Com a palavra, a sociedade e os industriais paraibanos…