João Paulo Medeiros

TSE determina realização de novas eleições em cidade da Paraíba

Prefeito reeleito teve registro de candidatura indeferido pela Justiça

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determina a realização de novas eleições na cidade de Cachoeira dos Índios, no Sertão do Estado. A decisão ocorre após a manutenção do indeferimento do registro de candidatura do ex-prefeito Allan Seixas (PSB), nas eleições do ano passado.

Foto: reprodução

Allan Seixas venceu as eleições municipais de 2020, com 52,26% dos votos válidos, mas não assumiu o mandato. A Justiça Eleitoral considerou que ele iria para um terceiro mandato.

Ele foi vice-prefeito de Cachoeira dos Índios entre os anos de 2013 e 2016. No período de 31 de agosto e 8 de setembro de 2016, o então prefeito se licenciou e Allan acabou assumindo o mandato por uma semana. Depois, ele foi eleito prefeito para o mandato entre 2017 e 2020 e depois saiu vitorioso das urnas mais uma vez ano passado.

Veja também  MPs querem barrar ‘farra’ com dinheiro público em réveillon e carnaval na Paraíba

A cidade é administrada pelo presidente da Câmara de Vereadores, José de Souza Batista.

Decisão em Gado Bravo

Ontem a Justiça Eleitoral cassou o registro de candidatura da chapa eleita nas eleições suplementares em Gado Bravo. O município também poderá ter novas eleições.

No caso de Gado Bravo, a sentença tem por base os fatos relatados numa AIJE proposta pelo MPE.